Aventura Russa: Você sabe porque não se deve assobiar na Russia?

Quando a Lia propôs de viajarmos pela Escandinávia estava nos planos dela ir até o Circulo Polar Ártico, extremo norte da Noruega, mas sugeri uma aventura Russa! Não teríamos tempo nem dinheiro para fazer os dois então deixamos a Aurora Boreal de lado e nos aventuramos pela terra onde ninguém fala ingles!

Colocamos no roteiro São Petersburgo e Moscow e lá fomos nós depois de conhecer toda a Escandinávia incluindo Tallin (mas isso é outro post) para Russia. Fizemos São Petersburgo / Moscow / São Petersburgo, para sermos mais didáticos no post vou falar tudo de uma vez de São Petersburgo e depois de Moscow, mas fizemos São Peters duas vezes.

São Petersburgo, foi fundada pelo Czar Peter entorno de 1700, diz a historia que o Czar Peter pedia aos seus visitantes formais que trouxessem uma pedra para São Petersburgo, para ajudar na construção do seu reino. No inicio do século XX o nome da cidade foi mudado para Petrogrado e depois para Leningrado (nos filmes da época da guerra fria a gente ouvia muito falar dela), no fim da URSS ela volta ao seu nome original, São Petersburgo.

Estatua do Czar Peter

Estatua do Czar Peter

Pedro pedia para cada visitante que trouxessem para São Petersburgo uma pedra, para ajudar a construir a sua cidade, ou algo assim diz a lenda, São Petersburgo foi uma cidade planejada por Peter, mas o projeto não foi terminado.

São Petersburgo e a cultura marítima

A cidade tem uma cultura marítima muito forte, ela fica na no rio Neva que desagua no Golfo da Finlandia, mar Báltico. Quando estávamos lá teve uma grande festa para os Marinheiros, a cidade toda com quepe, navios militares expostos, o Navy Day, mas perdemos a festa a noite por que voltamos para o hostel para descansar e a queima de fogos foi cedo, quando estavamos indo para o centro, todos, literalmente estavam voltando, enfim.

As pontes levadiças são outro charme da cidade, alias elas são um perigo, por que depois de certo horário (e cada ponte tem o seu) elas levantam para permitir o tráfego fluvial e só baixam pela manhã, então se você foi curtir uma balada em outro lado da cidade fique esperto com os horários das pontes.

Tabela com os horários das pontes levadiças

http://wikitravel.org/pt/S%C3%A3o_Petersburgo

Tem vários passeios de barco pelo rio Neva, vale a pena pesquisar e chorar no valor na hora de embarcar, fizemos um que ia a noite para ver as pontes iluminadas se levantarem, ele ficou um pouco longe da ponte mas mesmo assim valeu por ver do rio toda a cidade iluminada, leve um lenço ou uma blusa, fica frio a noite no rio, mesmo no verão (é Russia, não se esqueça).

1091

_mg_7998 _mg_8022

Essa foto não é do dia do passeio de Barco, mas dá para ver como ficam as pontes.

Essa foto não é do dia do passeio de Barco, mas dá para ver como ficam as pontes.

Outro passeio importante a se fazer é conhecer o Museu Hermitage, que só perde para o Louvre.

Ele teve início com uma coleção feita pela Imperatriz Catarina II e é GI-GAN-TE, então reserve o dia para conhecer-lo.

_mg_2761 _mg_7554

 A icônica Igreja do Sangue Derramado

055

A Igreja foi construída no exato lugar onde o czar Alexander II foi assassinado num atentado a bomba em 1881, ela é linda por dentro e por fora, o interior da Igreja do Sangue Derramado é espetacular, é feito com mais de 6000 m² de mosaicos, com detalhes incríveis, é a única igreja que tem uma imagem de Jesus Jovem. Como falei ela também é linda por fora, mas pessoalmente eu prefiro a fachada da Catedral de São Basílio em Moscow, mas ja já eu falo dela.

_mg_3292

Teto da Igreja

Teto da Igreja

Imagem de Jesus Jovem

Imagem de Jesus Jovem

Detalhe dos mosaicos

Detalhe dos mosaicos

_mg_3311

Uma curiosidade, durante o periodo socialista, por ser um regime politico ateísta a igreja do Sangue Derramado era usada como deposito de batatas.

O lindo Ballet Mairinski

Não conseguimos ingressos a tempo e  no valor que tinhamos para ver o Bolshoi em Moscow, mas conseguimos ver um ballet no Mairinski em São Petersburgo, compramos o ingresso no próprio teatro no primeiro momento que estivemos na cidade e assistimos quando retornamos.

vd_27jul13_146

 

 

Então uma dica é comprar com antecedência, online ou no próprio teatro, isso serve para o Bolshoi também.

Não assobie na Russia!

Bom, agora que falei sobre o teatro posso explicar por que não se deve assobiar na Russia. Antes de irmos para a viagem pela Escandinávia eu li algo sobre o que NÃO fazer na Russia, entre as dicas estava: para não entrar de sapatos na casa das pessoas, tomar cuidado com homofóbicos e xenofóbicos, algo sobre a água não ser tratada direito e não assobiar na casa das pessoas por que dava azar e nem para mulheres, a não ser que quisesse xingar de “cadela”!

Lemos e esquecemos metade disso tudo. Mas fomos lembrados por integrantes da platéia no fim do Ballet do Mairisnki quando a primeira bailarina foi até a beira do palco para receber os aplausos e assobiamos enquanto aplaudíamos (costume tipicamente brasileiro)! Nesse momento, pessoas do camarote a frente se viraram olhando para nós como se fossemos aberrações. Junto com esses segundos uma mulher se levanta e claramente nos xinga em russo! Então, sem entender nada por breves segundos, nos lembramos dessa pequena cartilha que dizia para não assobiar.

Nos sentamos roxos de vergonha ainda sob o olhar constrangido da família coreâna ao nosso lado. Percebemos que só nós tínhamos assobiado, tínhamos acabado de chamar a primeira bailarina de cadela e vagabunda. Tenho certeza que mesmo no saguão do teatro já indo embora, fomos reconhecidos pela plateia pois lembro de olhares estranhos e de canto de olho, enfim, que vergonha.

Sempre passavamos na frente de uma loja de doces, paramos para ver a vitrine e entramos, só depois fomos descobrir que era a tradicional confeitaria Kupetzeliseevs, claro que não sei pronunciar o nome mas os doces são fantásticos, é tão legal que o Google Street tem um tour dentro dela.

vd_29jul13_143

Moscow: o outro lado da Russia

E falando em doce pode ser um ótimo link para mudarmos para Moscow, claro que São Petersburgo tem muito mais que isso, é super romântica, é organizada e limpa, gastronomia muito boa, mas esse post não teria fim! Se você vai viajar para lá e ficou com alguma dúvida nos escreva, quem sabe podemos ajudar.

Voltando aos doces, em Moscow fomos ao Café Puskin, até hoje não vi doces tão lindos quanto os que comemos (morrendo de dó) lá.

O atendimento, o clima, a comida e a decoração te levam para uma viagem no tempo.

vd_24jul13_145

Falando um pouco de Moscow, diferente de São Petersburgo, Moscow é como a gente vê nos filmes. Pouquíssima gente fala ingles, o transito é terrível por que eles dirigem muito mal (parando o carro em qualquer lugar!)

Uma curiosidade: qualquer carro é um taxi em potencial, se você der sinal um carro para e você negocia o valor da viagem. Enfim, São Petersburgo é bem mais ocidentalizada que Moscow, não que isso seja um problema, alias dá um charme e clima diferente para a cidade, um mundo a parte.

vd_30jul13_143

Carro estacionado

O Kremlin, sede do governo Russo

Fomos ao Kremlin, o edificio do governo da Russia, descobrimos que antes do socialismo ele era um complexo fortificado de várias igrejas. Muitas foram demolidas! Descobrimos também que a Praça Vermelha não chama Praça Vermelha, mas sim, красная (krasnaya), que todos sabem que quer dizer Bonita, alem de vermelho (em ingles!) rs.

0858_mg_2834

Ali na Praça ficam o Kremlin, a Igreja de São Basilico e a GUM, um grande centro comercial de lojas famosas. Ali perto tem tambem o Teatro Bolshoi.

Dentro do Kremlin

As muralhas do Kremlin tem de 3,5 a pouco mais de 6 metros de espessura, ele é formado por 20 torres, as estrelas nas pontas de algumas torres são pesadissimas, quase 1 tonelada casa, mas mesmo com esse peso giram com o vento, seus vidros são feitos de rubi e a estrutura de ouro.

_mg_2889

_mg_2892

Aqui se pode ver o GUM e a praça Vermelha.

Dentro do Kremlin tem algumas igrejas e uma Necrópole, alias Ivan, O Grande, esta esta enterrado em uma delas.

201

_mg_7662

Este sino é o Tsar Kolokol, o maior sino do mundo com 222 toneladas e pouco mais de 6 metros de altura, ele quebrou em 1737, ainda estava na fundição que estava o construindo, um incêndio fez um choque térmico e o partiu, esse pedaço tem 11 toneladas.

Agora, vendo esse sino parei para olhar o post e estou vendo o quanto grande ele esta, e olha que estou deixando de falar várias coisas, mas a Grande Russia merece.

A Catedral de São Basilico

Depois de visitar o Kremlin não deixe de ir na Catedral de São Basilico, cada cúpula é uma capela a parte.

Diz a lenda que quando Napoleão chegou em Moscow ficou encantado com a Catedral e mandou desmontar ela para montar me Paris, mas depois de informado pelos engenheiros que não seria possível mandou dinamitar, mas choveu tanto no dia que não conseguiram explodir e ficou por isso mesmo.

(Ah, por favor não confunda ela com a Igreja do Sangue Derramando em São Petersburgo hein)

lo_23jul2013_527

Tem uma lenda que diz que o Czar Ivan, que mandou construir a Catedral em 1555 arrancou os olhos do arquiteto para que ele não construísse nada mais bonito no mundo.
_mg_2913

_mg_7977

O maior metro do mundo

Mas para terminar, não posso deixar de contar sobre o metro em Moscow, o maior metro do mundo.

moscow_metro

Passamos a catraca e entramos na escada rolante para descer. Duas garotas atras da gente sentaram no degrau, o que achamos bem estranho, então, nós olhamos para o fim da escada rolante e quem disse que a gente via o fim? Foram quase 3 minutos de escada até chegarmos ao piso inferior! Por isso as meninas sentaram, a descida é longa. Para se ter uma ideia no fim, tem uma cabine com um operador.

lo_16jul2013_418

O metro em Moscow é uma obra aparte, chamados de palácio do povo por causa da beleza, cada estação tem uma arquitetura própria, super rebuscada e tematizada.

São 12 estações, diz a lenda que existe a decima terceira mas ela é desativada e serviria como rota de fuga do Stalin para algum lugar.

Outra historia, mas que não é lenda é que as estações foram projetadas como Bunkers para proteger a população em caso de ataque inimigo. Um olho atento consegue ver algumas estações grandes e grossas portas que estão abertas, fazendo parte da parede, mas que podem ser fechadas se for preciso.

_mg_3066 _mg_3032

Superstições Russas

Os russos são muito supersticiosos,(lembre: não assobie na casa de ninguém) e em algumas estações dizem que dá sorte tocar as estatuas! Desde tocar o seio da estatua para ter fertilidade aos livros de outra para ir bem na escola.

_mg_3016

_mg_3011

As estações são riquíssimas de detalhes, cada pintura e afresco conta uma historia da construção da Russia ou da União Soviética.

_mg_2992
_mg_7824
_mg_7851_mg_7843 0931 0938 0933 0937

Bom, acho que é isso! Mentira, tem muito mais pra falar sobre a Russia. Não falei como confundimos os nomes das ruas, nem da sopa de Galinha e da salada Russa! Ou do Boulevard Gogol e nem da aventura de ir num Subway (aquele fast food que você pede o que vai no lanche, em Russo). Mas esse post ficaria como um Antonov, então vou parar por aqui.

Se você ficou com alguma dúvida sobre a Russia ou quer dividir algo com a gente nos escreva, comente aqui e acompanhe a gente nas redes sociais.

Share This:

2 comments on “Aventura Russa: um mundo a parte!
  1. bom trabalho, parabéns! fiz minha inscrição ok

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *