O primeiro Airbnb

Alugar apartamento no Airbnb é simples! Dicas e truques que podem ajudar.

A Lia e eu queriamos morar em Milão, mas como vim para meu processo de cidadania primeiro, morei dois meses em Firenze–Toscana na casa da minha assessora. Durante o processo não tinha como ir para Milão conhecer a cidade, ver os bairros e apartamentos e conversar com corretores, processo básico para achar uma casa em uma cidade nova. Tinha que ser tudo online e não é a mesma coisa, isso dificultava o processo todo. Por isso resolvermos alugar apartamento no Airbnb. Com ele teríamos tempo e tranquilidade para o processo de adaptação.

Wishlist

Print da nossa wish list

Comecei as buscas ainda em Firenze, foi muito fácil achar um apartamento lindo. A parte difícil foi achar um que entrasse no nosso orçamento, que aceitasse os gatos e fosse próximo a trem ou metro!

Comecei minha pesquisa usando os filtros de orçamento e de comodidades. Coloquei o mapa no centro da cidade, que era a região mais cara e procurada e fui expandindo. Comecei com o melhor para nós e fui eliminando. No site é possível filtrar adicionando ou removendo itens essenciais para você.

Printscreen

Printscreen da tela do computador mostrando alguns filtros para busca de apartamentos.

Vale pesquisar outros sites?

Pesquisei muito equilibrando nossos fatores na equação. Local, custo, gatos, então em um momento cansei e saí do site. Fui pesquisar apartamentos temporários em outros sites e caí no site Subito.it, nada contra o site, mas duas vezes fiz contato com apartamentos falsos, Na conversa com o proprietário ele dizia que ia alugar apartamento no Airbnb mas o pagamento não seria pelo site! Seria por deposito em conta! Ai aquela pulga brasileira que mora atras da orelha, deu um pulo! É preciso atenção para não cair em golpes. No site do Airbnb eles alertam para esse tipo de problema e dão orientações para que você veja se esta sendo enganado ou não.

Entrei em  HELP  do Airbnb e vi as explicações de como esses falsos proprietários trabalham e escrevi no facebook do Airbnb Brasil, a orientação foi “não fazer negócios fora do ambiente do site”. É serio, muita atenção. Um dos proprietários falsos quase convenceu a pulga atras da minha orelha e por pouco não embarquei numa roubada.

Passado o susto voltei para as buscas.

Voltei focado em achar logo o apartamento, então criei algumas estratégias:

Filtro

– Valor 10% acima do que você pensa em gastar (assim aparecem no filtro aqueles apartamentos que estão próximos ao seu orçamento e não só os abaixo dele)

– Casa inteira

– Aceita animais

– Tem internet

– Data (eu procurava por um mês, mas atenção, antes e depois de 28 dias de locação algumas coisas mudam na configuração do apartamento, como formas de cancelamento e valores por exemplo)

Atitude

– Busquei pelo mapa nas Cidades e bairros que interessavam

– Se eu gostava, já escrevia para o proprietário

– Deixei um bloco de notas no desktop com textos traduzidos e pronto (Confirmei se tinham a data, se aceitavam os gatos, se era perto de transporte)

– Olhando as fotos tentava desenhar o apartamento na minha cabeça

– Fiz wish list dos apartamentos

– Se curtisse muito, abria o endereço no Google Maps e via o que tinha perto, farmácia, mercado, se era muito ermo (vi um que a rua terminava em um milharal… não né!)

Esses passos deram um gás na busca, falar com o proprietário ajuda muito, por que mesmo com a data liberada no site, não sei o que acontece, o cara pode recusar por que o AP já esta alugado naquela data, ai ele já te fala logo.

Pronto! Achei um!

A 5 minutos a pé da estação do trem que leva uns 25 minutos para chegar em Milão, ok para quem vivia em São Paulo, sala e quarto grandes, boa cozinha, luminoso, aceita gatos, bem arrumado, tem a data  disponível e internet. Ufa!

Airbnb é mais caro que você alugar um apartamento definitivo, mas para um momento de transição vale a pena, curtos períodos talvez, como uma semana ou mesmo um fim de semana acho bem interessante, por que é uma casa pronta já com todas as comodidades como agua, luz, aquecimento e internet. É só entrar.

Alias essa era um duvida minha, “quando entrar no apartamento vou ter que comprar copos?”, pois é! Não precisa comprar nada, nem comida talvez, alguns donos deixam ingredientes para uma primeira refeição disponíveis para você. Em um Airbnb que alugamos o pai da dona do apartamento nos deixou até chocolate um vinho de boas  vindas!

alugar apartamento no Airbnb

Vinho de boas vindas em uma casa alugada pelo Airbnb, gentileza dos proprietários.

Olhe ao redor

Outra dica é olhar no google sobre a parte histórica e cultural de onde você pretende ficar. Sempre tem algo interessante ao redor. No primeiro apartamento de Airbnb que ficamos a Lia descobriu uma igreja do ano de 1194. Um antigo convento e uma praça com homenagem a soldados da segunda guerra, alias, logo teremos um post sobre esses lugares. No segundo apartamento a dona nos enviou por mensagem dicas e lugares próximos para ir e conhecer!

Espero que nosso relato tenha te inspirado a sair e conhecer o mundo, agora você já tem onde ficar em qualquer lugar dele!

Aproveite e se cadastre aqui  e ganhe descontos para suas estadias =) airbnb

Share This:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *